Começando do começo | O retorno do mude.me – Parte I

setembro 25, 2016

Para marcar esta nova fase do mude.me, decidi contar tudo o que aconteceu nos últimos 7 anos: como eu engordei, como eu emagreci e o que aprendi engordando novamente – já adianto que engordar de novo foi a melhor coisa que me aconteceu. Então, escrevi uma série com 4 textos e todos eles estão disponíveis aqui.

Em novembro de 2009, minha vida adulta começou de verdade: entrei para o meu primeiro emprego com carteira assinada. Meses depois, mais um item era incluso na lista de responsabilidades de ser gente grande: comecei a faculdade de publicidade.

No meu primeiro dia de aula, me lembro claramente de ter comido um hot dog antes mesmo das 11h. Eu não estava tão acostumada a comer porcaria logo cedo, mas aquilo virou uma rotina para mim. Durante 3 anos, eu fui comendo, comendo e comendo. E engordando. Muito.

Não engordei por ansiedade, não tinha crises de compulsão alimentar, nada disso. Eu só passei 3 anos fazendo escolhas erradas. Comia uma bife à parmegiana com batata frita e Coca-Cola porque aquilo era mais gostoso do que frango com legumes (vamos combinar que ainda é! hahaha).

Durante esse tempo, ganhei cerca de 20kg. Em 2013, decidi que era hora de emagrecer.

O começo foi horrível. No terceiro dia, saí para jantar com meu noivo e chorei olhando o cardápio. Eu não aguentava mais comer frango com legumes. Queria bife à parmegiana com batata frita e Coca-Cola!

Respirei fundo.

Comi frango com legumes. Chateadíssima, mas comi.

E então, comecei a compartilhar minha rotina nas redes sociais e vi que as pessoas gostavam disso, e também que o feedback das pessoas me incentivava a continuar firme na dieta.

Decidi criar o mude.me.

Tive apoio de todos os lados: do meu noivo, da família, até do pessoal da empresa! Tenho até hoje uma camiseta personalizada com o nome do blog, saí no informativo que o pessoal de Comunicação Interna mandava pra empresa toda, enfim… Aconteceu muita coisa legal e era maravilhoso receber todo aquele apoio.

Escolhi a corrida como minha nova paixão, participei de provas de rua e entrei para a academia com o intuito de estar com uma musculatura mais preparada para ter um desempenho melhor correndo.

Depois de ter pedido 6kg, eu estacionei. Claro, eu já tinha emagrecido bastante, tinha trocado gordura por músculo, minhas roupas estavam cada vez mais largas, mas a minha relação com a balança já não era tão saudável assim.

Foi aí que tudo começou a desandar.


Próximo texto: Quando me tornei um ser humano detestável

Posts Relacionados:

Discussão

Deixe um Comentário