Dicas

O que você precisa saber antes de começar a trabalhar em casa

novembro 18, 2015

Como já comentei aqui algumas vezes, desde maio desse ano, eu passei a trabalhar em casa. São mais de 6 meses de home office, o que já permitiu que eu juntasse um bom número de experiências pra compartilhar aqui. Talvez pareça que não, mas é um assunto que tá muuuuito dentro do tema “Saúde & Bem Estar.” Os primeiros meses foram bem difíceis. Demorei um tempo pra me acostumar, mas acho que agora estou gostando.

Existem prós e contras (mais contras do que eu imaginava que existiriam), é uma lista simples, mas importante. Se você já mora sozinho, acredito que algumas coisas sejam um pouco mais fáceis do que pra quem mora com mais pessoas, mas ainda assim  acho que vai ser bem útil pra quem está pensando em mudar sua rotina dessa forma.

Você precisa de um lugar confortável pra trabalhar. E esse lugar não é a sua cama ou o seu sofá

Esse é um ponto que deve ser levado MUITO a sério. Sempre achei que trabalhar de casa seria maravilhoso porque eu ia pode trabalhar do aconchego da minha cama ou sofá. Não conte com isso. Você pode até achar que é besteira, mas vai me entender quando suas costas começarem a chorar depois de algumas horas.

Tenha um cantinho pra trabalhar, mesmo que seja um espaço pequeno. Arrume uma mesa, uma cadeira confortável, faça uma decoração legal e pronto (aqui tem dicas de como decorar um pequeno espaço de trabalho). Sua coluna agradece.

❤ Limpar e cozinhar: é tudo por sua conta

Se você mora sozinho, não vai ter problemas com isso. Mas eu sofri um poquinho. Estava acostumada a sair de casa às 7h e voltar só às 23h. Não cozinhava, não arrumava a casa. A faxina ficava pro fim de semana, mas você simplesmente não vai conseguir trabalhar num lugar bagunçado. Lavo louça duas vezes por dia, todos os dias. Ou então, não tem almoço ou jantar.

Falando em refeições: é bom que você saiba cozinhar. Se não sabe, aprenda. Não é difícil, eu juro. Há alguns anos, mal sabia fazer arroz; mas aprendi muuuita coisa com a ajuda da YouTube #ficadica. A não ser que você tenha uma boa verba pra pedir delivery todo santo dia, recomendo que você organize suas refeições, faça mercado toda semana (aqui tem dicas de como economizar nas compras) e separe um tempo do seu dia pra cozinhar. A parte legal disso é que você vai poder fazer mais refeições saudáveis, o que pode te ajudar, caso esteja num processo de emagrecimento.

❤ Fazer seu próprio horário é muito bom, mas pede bastante organização

Acredito que a maioria das pessoas que fazem home office podem escolher o horário em que vão trabalhar. Eu, por exemplo, sou uma pessoa que não funciona muito bem antes das 10h, então eu posso trabalhar a partir desse horário sem problemas. Dou sorte que isso acontece também com meu ~parceiro de trabalho~ (que é o meu noivo). Além disso, as reuniões com clientes são, geralmente, marcadas na parte da tarde.

Uma coisa importante (antes de passarmos pra parte chata de ser dono do próprio horário): eu costumava me sentir improdutiva só porque começava a trabalhar num horário diferente do mundo. Sei lá, uma coisa de achar que não estou trabalhando só porque não preciso acordar cedo pra isso. Não entre nessa bobeira. Algumas pessoas simplesmente trabalham melhor à tarde ou à noite. Se você é assim e pode escolher seu horário, sorte sua.

A parte ruim disso é que você pode se pegar trabalhando demais – ou de menos. Quando você trabalha numa empresa, existe um horário pra entrar e sair, certo? Estipule esses horários. Por favor, não vá ficar na frente do computador até de madrugada se você começou os trabalhos ao meio-dia, por exemplo. Como na maioria dos dias não existe todo aquele processo de se arrumar e ir e voltar de um local, é comum se pegar ainda trabalhando depois de umas 12 horas. Se você não precisa entregar algo com urgência, não há motivos pra fazer isso.

Do outro lado de tudo isso, também é preciso lembrar que não dá pra procrastinar o dia todo. Como eu trabalho com produção de conteúdo, às vezes falta inspiração, então faço algumas pausas pra dar uma relaxada. Mas se tem muito trabalho pra fazer, é bom ficar de olho no relógio.

Resumindo: estipule horários, se organize e tente não sair muito do “combinado”.

 Às vezes é bem solitário

Trabalhar de casa é bem solitário, às vezes. E é por isso que tem dias em que eu faço um milhão de snaps (ah, e me segue lá no Snapchat: andressajordano). Mesmo preferindo trabalhar sozinha, às vezes me pego com saudade de ter alguém do meu lado pra gente ficar conversando durante o dia ou de ir almoçar com o pessoal da firma. Então, se você gosta de ter bastante gente à sua volta durante o dia, talvez esse seja um ponto bem negativo.

Sim, não ter que usar calça jeans e pegar ônibus/metrô é maravilhoso

Na minha opinião, esses são fortes pontos positivos do home office, hahaha.

Super acho que tá mais do que na hora da sociedade aceitar PIJAMAS EM PÚBLICO. Quanda trabalhava fora, tudo o que eu mais queria era trocar minha calça jeans e meu sapato por pijamas confortáveis e um chinelo, principalmente em dias quentes. Aqui em casa eu posso fazer isso sempre que quero e é ótimo! Eu não uso sempre, porque às vezes ficar de pijama faz com que eu me sinta improdutiva, mas quando estou com vontade é só acordar, tirar o pijama, tomar banho e colocar outro pijama (é uma das coisas mais gostosas quando estou com cólica ou é um dia frio).

Não ter que usar transporte público todos os dias pra me locomover também é algo bem positivo pra mim. Sabe quando você até que teve um dia ok no trabalho, mas tá com preguiça de ir pra casa justamente porque a viagem é cansativa e tudo o que você mais queria era um teletransporte? Então. Isso também para de existir.

***

Apesar de não ser o paraíso que eu imaginava, o home office se tornou algo que eu gosto muito. Claro que existem os pontos negativos que comentei, mas nada é maior do que a minha tranquilidade ao me sentir confortável num ambiente de trabalho. Se você quer ~se aventurar por essas bandas~, saiba que não é fácil, mas euzinha dou meu total apoio!

Posts Relacionados:

Discussão

Deixe um Comentário