Inspiração

Você não precisa estar feliz o tempo todo

outubro 31, 2017

Antes do texto de hoje, quero ressaltar que não estou falando sobre depressão aqui, estou falando sobre “se sentir triste”. Caso você esteja com sintomas de depressão, é importante procurar pela ajuda de um médico.

São os primeiros dez minutos do dia 31 de outubro. Em 24 horas será meu aniversário e fazia tempos que não me sentia tão desanimada para comemorar algo, como agora.

Perdi minha cachorra recentemente, meu corpo não está do jeito que gostaria que ele estivesse, sinto falta de me exercitar mas também não consigo simplesmente colocar meus tênis e ir correr, tenho sentido falta da terapia, tenho demorado mais tempo do que o desejável para revisar meu livro e a insônia tem sido minha companheira de todas as noites.

Está tudo bem com o trabalho. Mas, ao mesmo tempo, na última vez em que minha terapeuta pediu para que me descrevesse sem falar de trabalho, meu cérebro quase virou um pudim. E confesso que isso me incomoda e me assusta um pouco. Quando foi que eu virei o meu trabalho?

Acontece que, pela primeira vez em tempos, o meu desconforto não se dá por causa de fatores externos e essa é uma sensação relativamente nova. Já sofri por problemas no trabalho, problemas no relacionamento, problemas na faculdade, problemas com dinheiro e até mesmo problemas dos outros.

Quando você está insatisfeito com o trabalho, pode pedir demissão.

Quando você está com problemas no relacionamento, pode terminar.

Quando o problema é dos outros, você pode simplesmente ignorar tudo.

E quando o problema é “aqui dentro”? Não tem como fugir de você mesmo. Na verdade, eu já tentei “fugir de mim” muitas vezes, mas isso só resultou em: transtornos alimentares e consumo excessivo de álcool. E nada disso ajudou, pelo contrário…

E é assim que tenho aprendido que às vezes é bom se deixar sentir o que quer que esteja aqui dentro para se sentir. Você não precisa estar bem o tempo todo, você não precisa se mostrar bem o tempo todo.

Você não precisa fingir nada, não precisa mascarar suas emoções. Você pode colocar um filme triste para assistir, se enrolar no cobertor, e até pedir uma festa de aniversário mais reservada. Você não precisa sorrir se não está a fim.

Se deixe simplesmente não estar tão feliz assim. Você pode se dar um dia ou dois. E não se esqueça de que vai passar. E, quando passar, você vai BOTAR PRA QUEBRAR! (Pelo menos é isso o que estou planejando fazer assim que a bad deixar esse corpinho)

Da mesma forma como os momentos felizes passam, os não tão felizes também passam. E os tristes, e os momentos meio “meh…” também.

Tudo passa e você é só um ser humano.

Então, se deixe ser quem você é, se deixe sentir o que você tem para sentir. Não há nada de errado nisso.

Posts Relacionados:

Discussão

Deixe um Comentário